segunda-feira, 2 de maio de 2011

Desenvolvedor do CD morre aos 81 anos no Japão

Norio Ohga, conselheiro e ex-presidente da Sony morreu neste sábado (23) aos 81 anos de idade, informou a empresa japonesa. A companhia diz que a causa da morte de seu executivo foi falência múltipla dos órgãos.
Ele foi um dos desenvolvedores do CD e ajudou a empresa na expansão do mercado de filmes e videogames domésticos.
Mesmo depois de deixar a presidência da companhia, cargo que ocupou entre 1982 e 1995, Ohga continuou a trabalhar na Sony como consultor.
Por meio de um comunicado, a empresa relembrou a carreira de Norio Ohga e sua contribuição para colocar a marca japonesa como uma das mais importantes do mundo.
- Antecipando o futuro potencial de formatos compactos de discos ópticos, ele dirigiu pessoalmente as iniciativas da Sony para explorar essa nova fronteira. Durante o desenvolvimento do CD, foram os instintos do senhor Ohga como um músico de formação que o levou a lutar por um formato de 12 centímetros, oferecendo capacidade de gravação suficiente em 75 minutos para permitir que os ouvintes pudessem usufruir a Nona Sinfonia de Beethoven sem interrupção.
A Sony descreve ainda como o CD foi importante e mudou o mercado de música.
- Essas negociações resultaram nas especificações CD que ainda hoje está em uso. Após a Sony comercializar o primeiro CD do mundo em 1982, as vendas cresceram rapidamente, e em 1987, os CDs, já tinham ultrapassado as vendas de LP, batendo recorde de vendas no Japão e mudando a forma como as pessoas ouvem música.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge