sexta-feira, 17 de junho de 2011

CONHEÇA O GOOGLEOKÊ

 A GAROTA DA TRADUÇÃO DO GOOGLE SOLTANDO A VOZ NOS HITZ NACIONAIS E INTERNACIONAIS ,É KARAOKÊ PRA VALER !!! CONFIRA ESSA NOVIDADE DO GOOGLE.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Lâmpada misteriosa está acesa há 110 anos nos EUA


Uma lâmpada em uma central de bombeiros na Califórnia, Estados Unidos, está acesa há 110 anos e ninguém sabe como ou por que ela ainda não parou de funcionar. A lâmpada foi acesa em 1901 na cidade de Livermore, norte da Califórnia e foi apagada apenas por alguns cortes de energia e a mudança de prédio dos bombeiros em 1976.
A lâmpada famosa e misteriosa tem até um comitê formado em seu centenário. O presidente é o chefe de divisão dos bombeiros aposentado, Lynn Owens.
- Ninguém sabe como é possível uma lâmpada funcionar por tanto tempo.
Ele acrescenta que a corrente baixa que alimenta a lâmpada de 60 watts pode ter prolongado sua vida, mas ninguém descobriu porque ela continua brilhando. E Owens afirma que cientistas de todos os Estados Unidos já foram ver a lâmpada.
A lâmpada entrou para o livro Guinness World Record, (livro dos recordes), e já virou atração turística de Livermore.
Steve Bunn, que faz parte do comitê do centenário, contou um pouco sobre a história da lâmpada.
- A lâmpada foi criada por um inventor chamado Adolphe Chaillet, que foi convidado pelo governo do Estado de Ohio para fundar uma fábrica de lâmpadas no século 19. Ele aceitou o convite e criou uma lâmpada especial, um presente para os bombeiros.
Bunn disse que, no começo pensou que a lâmpada centenária era um objeto comum, mas depois descobriu que ela custou muito mais do que as outras e sua fabricação, à mão, deu muito mais trabalho.
E a lâmpada famosa já demonstra isso na aparência de seus filamentos, como explica Steve Bunn.
- A primeira coisa que fiz quando olhei para cima foi notar que o filamento escrevia a palavra 'no' [não, em inglês]. Mas, então, olhei de outro jeito e vi que de fato ela dizia 'on', [ligada em inglês].
Os 110 anos da lâmpada dos bombeiros de Livermore são comemorados neste mês.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Apple agora vende iPhone desbloqueado nos EUA



Confirmando rumores que surgiram no fim de semana, a Apple começou a vender a versão desbloqueada do iPhone em quatro lojas da Apple Retail.
Apenas o modelo GSM do iPhone 4 está disponível para compra sem contrato com uma operadora, enquanto o modelo CDMA ainda está vinculado a um contrato da Verizon.
Mas a independência tem um preço: a versão de 16 GB vai custar US$ 650, enquanto o modelo de 32 GB sairá a US$ 750.
Com este movimento, a Apple atende a usuários dos EUA que muitas vezes viajam para fora do país e não querem ficar presos em um contrato da AT&T. Isso significa que eles podem substituir os chips para economizar em tarifas de roaming (deslocamento).
Além disso, os compradores internacionais certamente vão querer obter a versão sem contrato, cujo preço pode ser significativamente maior em outros países. Por exemplo, um iPhone 4 de 16 GB, desbloqueado, custa 630 euros na Alemanha (o equivalente US$ 910), ou seja, muito mais caro do que a versão desbloqueada nos EUA.

Mistureba Foto + Lápis


quinta-feira, 9 de junho de 2011

Apple planeja construir nova sede com formato de nave espacial

A Apple mostrouna quarta-feira (8) o projeto da sua nova sede em Cupertino, na Califórnia, que deve entrar em operação em 2015 com um formato completamente circular lembrando as linhas de uma nave espacial, informou o jornal "Los Angeles Times".

O cofundador e chefe-executivo da empresa, Steve Jobs, foi o encarregado de apresentar o desenho do projeto às autoridades da cidade de Cupertino, onde atualmente fica a empresa. A iniciativa foi aprovada.

"Quando a Apple entregar seu plano de construção no final deste ano saberemos que estaremos diante de uma construção de vanguarda com todas as oportunidades e desafios que isso representa", disse o prefeito, Gilbert Wong.
Jobs explicou que o novo edifício terá quatro andares e um estacionamento subterrâneo de também quatro andares e será perfeitamente circular, apesar de ter uma área central de expansão, por isso que parecerá uma roda ou mesmo um disco voador.

"É como se uma nave espacial acabasse de aterrissar", disse o executivo da Apple.

A nova sede terá uma capacidade para 12 mil funcionários, o que permitirá à empresa tecnológica reunir em um só local todos seus trabalhadores que agora se encontram espalhados em diferentes edifícios alugados devido a que suas instalações atuais só podem abrigar 2,8 mil pessoas.
"É evidente que precisamos de um novo lugar", afirmou Jobs que quer que o edifício respeite o meio ambiente e confirmou que terá uma central própria de produção de energia com o objetivo de ser "a principal fonte das instalações".
A nova sede da Apple terá uma área de 600 mil metros quadrados.
A Prefeitura de Cupertino decidirá se aprova o projeto no outono de 2012, o que é previsível, assim a Apple poderá então solicitar as permissões de obra e começar os trabalhos que devem ser concluídos em 2015.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Google+ Badge