sábado, 28 de maio de 2011

Barcelona é campeão de novo!!!


Barcelona e Manchester United, jogo mais esperado do ano correspondeu a todas as expectativas e encheu os olhos de quem compareceu ao estádio de Wembley, em Londres, neste sábado (28). Espanhóis e ingleses fizeram da final da Liga dos Campeões um verdadeiro espetáculo e, no fim, prevaleceu o maior talento de Messi, o dono do jogo, e companhia: 3 a 1 Barça.

O argentino, eleito pela Fifa duas vezes melhor do mundo, só não fez chover em terras inglesas. Correu, driblou, deu “canetas” nos adversários e levou os zagueiros do Manchester à beira da loucura. E ainda fez seu gol, aos 8min, e iniciou a jogada do marcado por David Villa, que garantiu o título aos 25min da etapa final.

Quem começou a festa azul e vermelha, no entanto, foi o jovem Pedro. Depois de uma jogada bem trabalhada no meio-campo, Iniesta fez lançamento milimétrico para o atacante, que bateu firme, de chapa, deixando o experiente goleiro Van der Sar estático: 1 a 0, aos 27min.

Como no futebol a justiça às vezes não prevalece no placar, o Manchester United aproveitou um dos raros lances de lucidez do craque Wayne Rooney para decretar a igualdade antes do intervalo.

Aos 33min, Rooney arrancou em direção ao gol e serviu Giggs, que devolveu para o 10 bater de primeira, no ângulo de Victor Valdés: 1 a 1 e promessa de mais emoção para a etapa final da grande decisão.

Os 45 minutos finais começaram exatamente na mesma toada. Sob a batuta de Messi, o Barcelona encurralou o Manchester United no campo de defesa e, em menos de três minutos, criou três chances para pular à frente no marcador novamente, mas pecou na finalização. Na hora em que a bola caiu no pé de Messi para o toque final, no entanto, a história mudou. Aos 7min, o argentino aproveitou rebote de chute de Daniel Alves e quase fez. Na sequência, não teve jeito. Messi recebeu de Iniesta, a defesa do Manchester abriu e o camisa 10 soltou o pé esquerdo, sem chances para o goleiro holandês: 2 a 1 e justiça no placar.
O belo gol em Wembley foi o 12º do jogador em 13 partidas disputadas na Liga, o que o colocou como principal artilheiro da competição pela terceira vez seguida. O argentino também entrou para a história como o maior goleador de uma mesma edição da competição, igualando o holandês Van Nistelrooy, que também marcou 12 vezes em 2002/2003. O show do craque continuou após o gol e a marca histórica só não foi ampliada pouco depois porque faltou sorte ao camisa 10, que completou cruzamento para a área "de letra", mas viu a zaga afastar.

O Manchester não assimilou o golpe do segundo gol e viu o sonho do título ruir aos 25min, quando Messi, mais uma vez, fez jogada de cinema pela direita e serviu Busquéts, que tocou para David Villa. O camisa 7 tocou com categoria, por cobertura, e venceu pela última vez Van der Sar no jogo: 3 a 1 e quarto título europeu assegurado para um dos melhores times que o mundo já viu.
BARCELONA 3 x 1 MANCHESTER UNITED
Local: estádio de Wembley, em Londres (Inglaterra)
Data: 28 de maio de 2011, sábado
Horário: 15h45 (horário de Brasília)
Público: 87.695 presentes
Árbitro: Viktor Kassai (Hungria)
Assistentes: Gabor Eros e Gyorgy Ring (ambos da Hungria)
Cartões amarelos: Daniel Alves e Valdés (Barcelona); Carrick e Valencia (Manchester United)
GOLS:
BARCELONA: Pedro, aos 27min do primeiro tempo; Messi, aos 9min e Villa, aos 24min do segundo tempo
MANCHESTER UNITED: Rooney, aos 33min do primeiro tempo

BARCELONA: Valdés; Daniel Alves (Puyol), Piqué, Mascherano e Abidal; Busquets, Xavi e Iniesta; Pedro (Afellay), Messi e David Villa (Keita)
Técnico: Josep Guardiola
MANCHESTER UNITED: Van der Sar; Fábio (Nani), Vidic, Ferdinand e Evra; Carrick (Scholes), Park Ji-Sung, Giggs e Valencia; Rooney e Chicharito Hernández
Técnico: Alex Ferguson.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge